As cinco areas de intervenção


1ª Sobrevivência e desenvolvimento

Os anos de vida de uma criança, família, sem abrigos carenciados são cruciais. Quando recebem cuidados e são bem alimentadas neste período, as pessoas carenciadas têm melhores condições para sobreviver, crescer com saúde e desenvolver-se física, intelectual e afectivamente. Esta área, à qual a Associação Um Milhão dedica 50% dos seus recursos na criação do Banco Contra a Pobreza Para isto precisamos da SUA PARTICIPAÇÃO


2ªEducação básica, Formação e Igualdade de Género

O acesso a uma educação básica de qualidade para todos, independentemente do género, etnia, condições sociais e económicas é uma prioridade do trabalho da Associação Um Milhão, pois proporciona conhecimentos e aptidões necessários para o desenvolvimento individual e das sociedades, e abre caminho para uma vida produtiva no futuro.Para isto precisamos da SUA PARTICIPAÇÃO

3ªVIH/SIDA

O VIH/SIDA e o seu impacto nas crianças ocupam um lugar central no trabalho da Associação Um Milhão procuramos fazer a diferença na vida das pessoas afectadas pela epidemia, centrando esforços em quatro prioridades: prevenção da transmissão do VIH de mãe para filho; disponibilização de tratamento pediátrico; prevenção da infecção entre os jovens e o apoio e protecção das crianças órfãs e vulneráveis devido à SIDA.
Para isto precisamos da SUA PARTICIPAÇÃO

4ªProtecção infantil

A protecção das crianças contra a violência, abusos e exploração é uma componente essencial da defesa dos seus direitos. É indispensável prevenir e responder a situações de violência, incluindo a exploração sexual, o tráfico, o trabalho infantil ou práticas discriminatórias e nefastas como a mutilação genital feminina e o casamento precoce mediante a criação de um ambiente protector onde a criança se sinta respeitada e segura.

5ªPromoção de políticas e alianças

Advogar a adopção de medidas que tenham em conta os direitos da criança é parte importante do trabalho que fazemos a fim de garantir que o interesse da criança ocupe um lugar central nas políticas públicas nacionais, internacionais, legislativas e orçamentais.
Para isto precisamos da SUA PARTICIPAÇÃO

TODOS JUNTOS CHEGAREMOS LÁ!!! JUNTE-SE A NÓS

A Associação Um Milhão está convicta de que os resultados obtidos nestas cinco áreas contribuirão largamente para o respeito pelos Direitos do Homem na sua totalidade. E que os progressos conseguidos em qualquer deste domínios permitirão avanços em todos os outros, contribuindo para a concretização das promessas feitas pelos dirigentes mundiais na Sessão Especial das NU dedicada às Crianças e na Cimeira do Milénio.

Mudando o futuro

 

A Associação Um Milhão mobiliza 100% das quotas dos associados para conseguir resultados para as pessoas mais carenciadas em cinco áreas de intervenção prioritária.

 

Damos a segurança e transparencia nas suas doações, envolvendo o nosso associado na dicisão de escolha na causa que apoiar todos os meses com a sua quota mensal de associado.

O que fazemos.

A Associação Um Milhão é a uma organização que se dedica especificamente a Luta Contra a Pobreza e Exclusão Social em Portugal. Em termos genéricos, trabalha com os governos nacionais/regionais. E organizações locais em programas de desenvolvimento a longo prazo.

Nos sectores da saúde, educação, nutrição, apoio alimentar e também em situações de emergência para defender as vítimas desta crise mundial  desfavorecidas e em carencia socio-economica em Portugal.

A sua participação é importante e necessaria agora só com 1€ por mês.

 

gallery/pic2

TEMOS COMO OBJECTIVOS

Promover a defesa dos direitos das crianças, idosos, famílias carenciadas, sem abrigo e instituições sem fins lucrativos e todos os que nos peçam ajuda e nos seja possível ajudar a dar resposta às suas necessidades básicas e contribuir para o seu pleno desenvolvimento.

A  Associação Um Milhão rege-se pela Declaração Universal dos Direitos Humanos, e os seus Estatutos Internos da  Associação Um Milhão e trabalha para que esses direitos se convertam em princípios éticos permanentes e em códigos de conduta internacionais e nacionais para os mais desfavorecidos e carenciados desta crise Mundial.